domingo, 23 de abril de 2017

Aquela idade..

Desde que nascemos o contador não pàra de avançar...Ano apos ano um numero  se ajunta a este contador...e quando chegamos a um certo numero, e de repente todos a nossa volta começam a perguntar se nao é altura de crescer, teres filhos, uma casa, um carro;

E vemo-nos de volta a idade dos porquês: o porquê de estarmos solteiros; o porquê de não  ire mais longe. E, por momentos, penso que tenho de deixar de ser a a criança  rebelde,que tenho de deixar de fugir ao status que todos te me querem colar, que tenho que seguir o que a sociedade decidiu para mim.. todos a tua volta seguiram este padrão.. e tu nao podes fugir..
Ouves de todas as partes que já não tens idade para rir, para brincar, para estares a escrever ou a ler até as tantas. 

Mas depois voltas a pensar..  e talvez seja o mundo que esta enganado e não eu. Talvez seja o contador que esta  estragado. Os cabelos brancos e as rugas são apenas uma ilusão de optica.

Talvez o mundo possa esperar mais um pouco. Talvez a vida não seja um caminho de sentido unico. Tu podes ser quem és: sem pressões de terceiros, sem seguir ideias pré-concebidas. Talvez o mundo possa esperar, e tu também. Ninguém te obriga a apanhar a primeira onda. Ainda agora aos trinta e ainda não lhes tomei o sabor. Uma coisa é certa, a musica de parabens é a mesma, os olhos continuam a precisar dos mesmos óculos e a escrita flui normalmente. Nada me obriga a  percorrer as mesmas pegadas dos outros. Talvez apanhe um atalho, ou salte uma estrada.. ou apanhe boleia. Ainda agora aqui cheguei. O mundo que espere um pouco mais por mim. 

Parabens!a mim!

10 comentários:

  1. Olá, ao nascermos os dias começa a contar, somos inocentes, nada sabemos da vida, até que chega uma altura que começamos aprender e a compreender o que é a liberdade, a vida continua, o conhecimento aumenta até ao dia que concluímos, sou eu, se for eu próprio, pensar pela minha cabeça, ser livre no pensamento e agir em conforme sem submissão.
    AG

    ResponderEliminar
  2. A vida é tua...e tu fazes dela o que bem entenderes...não há etapas que tenham obrigatoriamente de ser percorridas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bem verdade!!
      mas por vezes esquecemo-nos disso!
      bjos

      Eliminar
  3. Há que vincar sempre a nossa Identidade, o resto é paisagem!
    Parabéns Lua!

    ResponderEliminar
  4. não sejas mais uma ovelha no meio de tantas outras...vive-te por ti!

    boa tarde

    -____-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens razao!!
      mas com tantos "caes" a guardar as ovelhas é começa a ser dificil de conseguir saltar a cerca!! (mas nao se pode deixar de tentar!!)

      boa tarde!
      bjos

      Eliminar
  5. É uma realidade, ao que parece há uma idade para tudo... menos para sermos livres para viver à nossa maneira. Todos nos perguntam pela casa, pelo marido ou pelos filhos, como se a vida fosse só é obrigatoriamente isso.
    O que importa é sermos felizes o resto é barulho.
    Obrigada pela visita, beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens toda a razao...
      temos mais é que ser felizes!!
      obrigado pela visita!!
      bjinhos

      Eliminar